Cultura Brasileira: no ar desde 1998

Acompanhe nas Redes Sociais

No Caminho, com Maiakóvski

Eduardo Alves da Costa


 

Assim como a criança
humildemente afaga
a imagem do herói,
assim me aproximo de ti, Maiakóvski.
Não importa o que me possa acontecer
por andar ombro a ombro
com um poeta soviético.
Lendo teus versos,
aprendi a ter coragem.

Tu sabes,
conheces melhor do que eu
a velha história.
Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.

Nos dias que correm
a ninguém é dado
repousar a cabeça
alheia ao terror.
Os humildes baixam a cerviz;
e nós, que não temos pacto algum
com os senhores do mundo,
por temor nos calamos.
No silêncio de me quarto
a ousadia me afogueia as faces
e eu fantasio um levante;
mas manhã,
diante do juiz,
talvez meus lábios
calem a verdade
como um foco de germes
capaz de me destruir.

Olho ao redor
e o que vejo
e acabo por repetir
são mentiras.
Mal sabe a criança dizer mãe
e a propaganda lhe destrói a consciência.
A mim, quase me arrastam
pela gola do paletó
à porta do templo
e me pedem que aguarde
até que a Democracia
se digne aparecer no balcão.
Mas eu sei,
porque não estou amedrontado
a ponto de cegar, que ela tem uma espada
a lhe espetar as costelas
e o riso que nos mostra
é uma tênue cortina
lançada sobre os arsenais.

Vamos ao campo
e não os vemos ao nosso lado,
no plantio.
Mas ao tempo da colheita
lá estão
e acabam por nos roubar
até o último grão de trigo.
Dizem-nos que de nós emana o poder
mas sempre o temos contra nós.
Dizem-nos que é preciso
defender nossos lares
mas se nos rebelamos contra a opressão
é sobre nós que marcham os soldados.

E por temor eu me calo,
por temor aceito a condição
de falso democrata
e rotulo meus gestos
com a palavra liberdade,
procurando, num sorriso,
esconder minha dor
diante de meus superiores.
Mas dentro de mim,
com a potência de um milhão de vozes,
o coração grita - MENTIRA!

 

 

 
38

 

 

 

Busca em todos os arquivos desta página

Custom Search

 

 

Outros Temas de Interesse

Brasil sob o controle do Crime Organizado

Urnas Eletrônicas e Voto Obrigatório são incompatíveis com a Democracia

A Derrota da Política e sugestões de retificação

Transparência Total no Uso do Dinheiro Público

Entendendo algumas definições ideológicas: comunismo, fascismo, nazismo...

Globalizados e Globalizadores - O Que é Globalização

Eleições/2014 – Você prefere ser esfolado pela navalha do PT/PCdoB, estripado pelo bisturi do PSDB ou eviscerado pelo facão do PSB? E isso lá é escolha que se apresente?

Entendendo algumas definições ideológicas: comunismo, fascismo, nazismo...

Apontamentos para a história do Brasil - Primeira parte: da posse de Lula da Silva ao Escândalo do Mensalão

Apontamentos para a história do Brasil - Segunda parte: Mensalão, vampiros, sanguessugas, operações “abafa CPI”, queda de ministros corruptos no segundo mandado Lula etc.

Apontamentos para a história do Brasil - Terceira parte: A Queda de Ministros Corruptos e Direitistas no Terceiro Mandato Lula da Silva (através de sua marionete búlgara)

Década Perdida – Dez Anos de PT no Poder – Marco Antonio Villa (Uma Resenha)

De como o PT se transformou num partido de ideologia fascista e comportamento fisiológico

Neoliberalismo e Globalização

Neoliberalismo e Globalização – o bem-estar da economia às custas da desgraça dos seres humanos

"O Sequestro da América" - Título Original: “Predator Nation: Corporate Criminals, Political Corruption, and the Hijacking of America” – Charles Ferguson (uma resenha)

“¿Puedes?”- Nicolás Guillén (com declamação na voz do Poeta)

Cemitério do Sertão" - Dom Pedro Casaldáliga (declamado pelo Autor)

Vozes contra a Globalizacão - um outro mundo é possível

D. Pedro Casaldáliga, Bispo Prelado de São Félix do Araguaia, Contra a Globalização

Da 1ª Guerra Mundial (1914 - 1917) até o Brasil governado pelos criminosos neste século XXI. Como chegamos a essa situação?

A Grande Revolução Socialista de Outubro de 1917

Segunda Guerra Mundial - 1939 - 1945

A Guerra Fria

Entendendo a agressão de Israel e EUA ao povo Palestino

© Copyleft "Cultura Brasileira" - no ar desde Fevereiro de 1998 - LCC Publicações Eletrônicas - Todo o conteúdo desta página pode ser distribuído EXCLUSIVAMENTE para fins não comerciais desde que  mantida a citação do Autor e  da fonte e esta nota seja incluída. Contato